Termos

All | # A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z
There are currently 58 names in this directory
Aeoticetídeos
Formas fósseis de cetáceos que apresentam dentes e estão mais proximamente relacionados aos misticetos.

Aetossauros
Arcossauros herbívoros da linhagem dos pseudossúquios (animais mais próximos aos crocodilianos que aos dinossauros e pterossauros). Possuíam pesadas couraças que os protegiam de predadores.

Afloramentos
Um afloramento caracteriza-se pela exposição de uma rocha na superfície da Terra. Os afloramentos são essenciais em estudos geológicos e paleontológicos por possibilitarem a coleta de amostras fósseis e de rochas.

Algas
O termo alga refere-se a uma grande quantidade de organismos unidos informalmente por serem eucariontes fotossintetizantes uni ou pluricelulares. As plantas terrestres não são consideradas como algas. Entre os principais tipos de algas estão as vermelhas (Rodófitas), verdes (Clorófitas) e pardas (Feofíceas).

Anquilossauros
Dinossauros quadrúpedes com espinhos e placas ósseas ao longo da superfície dorsal do corpo.

Antilhas
As Antilhas, ou "West Indies" em inglês, são compostas pelo conjunto de centenas de ilhas encontradas no mar do Caribe e pertencentes a 13 estados soberanos e 17 territórios independentes. As Bahamas e as ilhas Caicos são geralmente listadas como pertencentes às nações do Caribe, mas estas formam o arquipélago Lucayano, com origem geológica própria no oceano Atlântico norte e não no mar do Caribe. As ilhas do mar do Caribe podem ser subdivididas em Grandes e Pequenas Antilhas. As Grandes Antilhas são compostas pelo conjunto de ilhas maiores no Caribe (Cuba, Jamaica, Puerto Rico, Hispaniola e a ilhas Cayman), todas formadas por rochas continentais, enquanto o conjunto de ilhas das Pequenas Antilhas formam um arco de ilhas menores ("Leeward islands e "Windard islands) com origem exclusivamente vulcânica ou coralina que se estende do leste de Puerto Rico até as ilhas Trinidad e Tobago (também pertencentes ao Caribe mas novamente formadas por rochas continentais).

Arcossauros
Grupo de répteis que inclui as aves e crocodilianos entre as formas viventes. Este grupo se divide em duas grandes linhagens, os avemetatarsálios (pterossauros e dinossauros) e os pseudossúquios (crocodilianos e outras formas relacionadas). Os arcossauros são caracterizados por uma abertura no crânio entre a narina e a órbita e outra abertura na mandíbula.

Avemetatarsálios
Grupo que inclui os dinossauros (incluindo as aves) e os pterossauros.

Barbas
Inúmeras fileiras de estruturas filamentosas de queratina presentes na boca das baleias misticetas.

Biomarcadores
Compostos orgânicos de origem biológica provenientes do metabolismo dos organismos.

Biota de Ediacara
Nome que se refere a uma série de organismos fósseis que viveram no período Ediacarano, (entre 635 e 541 milhões de anos atrás). Constituem o primeiro conjunto de organismos visíveis a olho nu a se diversificarem, mas ainda não há consenso para o relacionamento da maioria das espécies. Contudo, alguns pesquisadores ressaltam que algumas dessas formas eram animais.

Bornéu
Ilha localizada no Sudeste Asiático; seu território é dividido em três países: Brunei, Indonésia e Malásia.

Cianobactérias
Grupo de bacterías que realizam fotossíntese.

Corrida evolutiva
Interação ecológica entre presa-predador onde ambas as espécies co-evoluem de acordo com as mudanças adaptativas de cada uma.

Cretáceo
Período que se estendeu de 145 a 66 milhões de anos, compreendido na Era Mesozóica.

Criogeniano
Período Geológico situado entre 720 e 635 milhões de anos aproximadamente.

Eoceno
Época estendida entre aproximadamente 56 a 34 milhões de anos atrás.

Eomisticetídeos
Formas fósseis de cetáceos do Eoceno mais proximamente relacionados às formas sem dentes atuais e que apresentam dentição reduzida ou ausente.

Era Cenozóica
Do grego Kainos, “novo” e zoo, “animal”, a Era Cenozóica é a terceira e última era do Éon Fanerozóico, e teve início logo após o final do Cretáceo, há aproximadamente 66 milhões de anos, se estendendo até hoje.

Era Mesozóica
Do grego Mesos, “meio” e zoo, “animal”, a Era Mesozóica é a segunda era do Fanerozóico, e se estendeu de 252 a 66 milhões de anos atrás, incluindo, do mais antigo para o mais recente, os períodos Triássico, Jurássico e Cretáceo.

Especiação
Processo onde duas ou mais espécies são formadas a partir de uma espécie ancestral preexistente.

Espécies endêmicas
Uma espécie endêmica é aquela que ocorre somente em uma determinada área ou região geográfica restrita ou única de ponto de vista físico (ilhas) ou climático (região polar). Um bom exemplo no Brasil de uma espécie endêmica é o mutum-de-Alagoas, que ocorria somente nas florestas de Mata Atlântica do estado de Alagoas (ver postagem sobre a “Minhoca-Aveludada” nessa mesma seção).

Estegossauros
Dinossauros quadrúpedes com duas fileiras de placas ósseas ao longo da superfície dorsal do corpo e espigões na ponta da cauda.

Fitossauros
Grupo de grandes predadores aquáticos superficialmente parecidos com crocodilos, embora ambos os grupos tenham evoluído de maneira convergente. Alguns pesquisadores consideram os fitossauros como membros dos pseudossúquios, ou seja, dentro do grupo dos arcossauros, enquanto outros cientistas argumentam que eles são próximos aos arcossauros, mas não membros deste último.

Fosseta loreal
Órgão presente na porção superior dos lábios de algumas espécies de serpentes e que captam radiação infravermelha.

Funções fisiológicas (Fisiologia)
Por fisiologia entende-se o estudo das funções e do funcionamento normal dos seres vivos, em especial dos processos físico-químicos que ocorrem nas células, tecidos, órgãos e sistemas dos seres vivos.

Grupo Natural (Monofilético)
Duas ou mais espécies que compartilham entre si um ancestral comum exclusivo.

Herrerassauros
Grupo de dinossauros carnívoros do Triássico. Inclui, por exemplo, o brasileiro Staurikosaurus pricei, encontrado no Rio Grande do Sul na década de 1930.

In situ
Quando o experimento ou observação é realizado no habitat natural do organismo. Diferente de ex situ, ou seja, quando o experimento ou observação é realizado em cativeiro.

Krill
Pequenos crustáceos livre-natantes que formam a base da dieta das baleias filtradoras.

Linhagem relictual
Uma linhagem ou uma espécie relictual é aquela ainda persiste em um bioma da atualidade, como representante de um grupo de organismos que foi amplamente distribuído e diversificado no passado. Frequentemente, este organismo relictual apresenta características do seu grupo extinto que levam a pensar que se modificou muito pouco ao longo da sua história evolutiva, e por isso tende a ser considerado (de forma inapropriada) como um "elo perdido" evolutivo. Um exemplo que ilustra bem essa noção é o Celacanto, peixe sarcopterígio de nadadeira lobada que ocorre em águas profundas ao longo da costa do Oceano Indico.

Mamalodontídeos
Formas fósseis de cetáceos que apresentam dentes e estão mais proximamente relacionados aos misticetos.

Marginocéfalos
Grupo de dinossauros ornitísquios que incluem tanto formas bípedes (os paquicefalossauros), quanto quadrúpedes, como os ceratópsios, como, por exemplo, o Triceratops.

Método de datação com radioisótopos
Datação calculada a partir do tempo de decaimento de metade dos átomos de um elemento químico radioativo, chamado isótopo-pai, formando um isótopo-filho. Esse tempo é conhecido também por meia-vida. Como a meia-vida é uma característica estabelecida de todos os elementos químicos, analisa-se a porcentagem de átomos que correspondem ao isótopo-pai e a porcentagem que corresponde aos isótopos-filhos. Através dessa relação, obtém-se a idade da rocha. O elemento mais utilizado para datações absolutas é o Carbono 14; porém, seu tempo de meia-vida é curto, não servindo, portanto para datações com mais de 10.000 anos. Para rochas mais antigas, utilizam-se outros elementos, como o Urânio-Chumbo ou o Potássio-Argônio.

Misticetos
Grupo que inclui as grandes baleias filtradoras, como a baleia azul.

Número de Tombo
Número atribuído a cada exemplar que é depositado em uma coleção científica.

Odontocetos
Grupo de cetáceos que inclui as baleias com dentes, como os golfinhos, as orcas e os cachalotes.

Ornitópodes
Grupo de dinossauros herbívoros que incluem tanto formas bípedes quanto quadrúpedes, entre eles os hadrossauros, os “dinossauros bicos-de-pato”.

Peer Review 
Revisão por pares: processo de revisão de artigos científicos submetidos para publicação por especialistas da área em questão. Podem ser anônimos ou não.

Permiano
Período compreendido entre 299 e 252 milhões de anos, incluído na Era Paleozóica.

Produtividade primária
Produtividade primária é uma taxa, utilizada em Ecologia, que mensura a produção de compostos orgânicos a partir de substâncias minerais. Ela pode ocorrer a partir da fotossíntese ou da quimiossíntese.

Proterozóico
Subdivisão da história da Terra que se estendeu entre 2,5 bilhões até 541 milhões de anos atrás, aproximadamente.

Pseudossúquios
Grupo de répteis arcossauros que se caracterizam pelo formato dos ossos do tornozelo, semelhante ao dos crocodilianos atuais. Inclui os próprios crocodilianos além de diversas formas extintas, como os aetossauros e os rauissíquios.

Queratina
Família de proteínas que constituem diversas estruturas, como cabelos e unhas.

Rauissúquios
Grupo de pseudossúquios (incluídos nos arcossauros) caracterizado por grandes predadores com dentes com serrilhas cortantes nas bordas, crânio estreito e alto (convergência com os grandes dinossauros terópodes), além de serem quadrúpedes. Atualmente, acredita-se que nem todos as espécies classificadas como rauissúquios incluam membros mais próximos entre si, ou seja, não formam um grupo natural.

Sauropodomorfos
Dinossauros herbívoros quadrúpedes gigantes, com pescoços e caudas longas, como o Brachiosaurus.

Scopus
É a maior base de dados de citações e resumos de literatura revisada por pares: periódicos, livros e conferências. Para saber mais: https://www.elsevier.com/americalatina/pt-br/scopus.

Silessauros
Grupo de animais considerados os mais próximos dos dinossauros. Provavelmente eram herbívoros ou onívoros, tendo como base seus dentes espatulados. Tinham patas longas, sendo possivelmente quadrúpedes.

Silte
Finas partículas de argila depositadas somente em correntes de rios lentos e lagos.

Sistemata
Pessoa que se dedica a classificar e ordenar os seres vivos.

Squamata
Grupo de répteis que inclui os lagartos, as serpentes e as anfisbenas (lagartos sem patas de hábitos fossoriais).

Terópodes
Dinossauros predominantemente carnívoros, bípedes, como os famosos Velociraptor e Tyrannosaurus, assim como as aves.

Titanossauros
Grupo de grandes dinossauros de quatro patas e herbívoros, considerados como a última linhagem de saurópodes a existir, extintos junto aos demais dinossauros no final do período Cretáceo.

Trajetórias ontogenéticas
Padrão de crescimento de um animal, que vai desde o momento do seu nascimento até a vida adulta.

Triássico
Período inicial da Era Mesozóica, que se estendeu de 252 a 201 milhões de anos.

Viperídeas
Grupo de serpentes venenosas e que possuem um par de presas inoculadoras de veneno na parte da frente de sua boca.

Ypresiano
Estágio do período Eoceno que se estende entre 56 e 47,8 milhões de anos.

Zooplâncton
Pequenos organismos que habitam a coluna da água dos oceanos e que carecem da capacidade de realizar fotossíntese.